Descubra o melhor tipo de marca para registrar sua empresa

O registro de marca é importante para todas as empresas. Saber o tipo de registro aumenta as chances do pedido ser aprovado pelo INPI. Descubra já o seu.
 Otávio Hoffmann  |      19/01/2021009

Entender a importância de fazer o registro de marca ainda é um obstáculo para muitos empresários. O cuidado com a criação da marca, logo, site e redes sociais costuma ser maior do que o registro junto ao Instituto Nacional de Propriedade Industrial, INPI.

No entanto, esse último passo é o único em que o empresário se torna verdadeiramente o proprietário de sua marca e de todo o patrimônio imaterial da empresa.

Por outro lado, pessoas que buscam fazer o registro esbarram em questões ainda desconhecidas dos pequenos e médios empresários. É o caso dos tipos de registro de marca, assunto que eu trouxe para o artigo de hoje.

Saber qual é o tipo de marca para registrar sua empresa dá mais segurança na hora de protocolar o registro de marca no INPI.

Mesmo que você faça o registro por conta própria, ou contrate uma empresa para fazê-lo, essa informação é essencial para que o processo seja deferido pelo órgão estatal.

A situação do registro de marca é tão delicada entre micro e pequenas empresas que somente 19% delas buscam o registro. Esses dados vieram do Sebrae, que realizou um estudo com 4 mil empresas. Quase 50% dos entrevistados alegaram não saber que precisavam do registro ou não sabiam como fazer.

A importância do registro de marca

Empresas de todos os portes, das maiores do mundo às recém-criadas, devem dar atenção especial ao registro de suas marcas. Somente o registro no INPI assegura a propriedade sobre a marca e o logo de sua empresa por dez anos, em todo o território nacional.

Outros motivos que reafirmam a importância de não deixar o registro de lado:

  • Mais autoridade, segurança e credibilidade com clientes, fornecedores e investidores;
  • Exclusividade no seu ramo de atuação, à frente da concorrência;
  • Apoio jurídico para defender o patrimônio intangível e valioso da empresa;
  • Sua marca e sua logo se tornam à prova de plágio e imitações.

Se você tem uma empresa e pensa em vendê-la em algum dia, por exemplo, sua marca pode ser avaliada e vendida separadamente, caso seja registrada. O registro de marca torna sua empresa mais valiosa.

O registro junto ao INPI também assegura que você não sofrerá processo judicial, caso algum concorrente registre o mesmo nome antes de você. Pode até parecer improvável, eu sei, mas é bem possível que aconteça.

É importante reforçar que o registro de marca não serve só para grandes empresas. Pequenos e médios empresários devem ficar atentos para o registro, pois também chamam atenção da concorrência e estão presentes no mundo digital.

Agora que você já sabe da importância de registrar sua marca e logo, vou falar com mais detalhes sobre o tipo de marca mais adequado para sua empresa, com alguns exemplos bem práticos para você entender.

Você também pode se interessar:

Quais os benefícios e o custo de registrar uma marca

5 vantagens do escritório virtual que você precisa conhecer

Tipos de registro de marca

Ao entrar com o pedido de registro de marca no INPI, a empresa que você contratar, ou você mesmo deverá escolher qual o tipo de marca ideal para sua empresa. A decisão envolve a apresentação gráfica de sua marca.

O INPI fornece quatro opções de tipos de registro de marca. São elas:

  • Marca nominativa;
  • Marca figurativa;
  • Marca mista;
  • Marca tridimensional.

A seguir vou apresentar a você detalhes sobre cada tipo, com exemplos, para não restar dúvidas de qual é o melhor para sua empresa :)

Marca nominativa

Este é um tipo de marca que protege somente o nome da marca, não os símbolos que ela possa ter. É representada por palavras, letras ou números.

Para representar o tipo de marca nominativa temos O Boticário e suas fragrâncias cheirosas e cosméticos. A empresa, como marca nominativa, é representada somente pelas palavras que formam a marca, sem considerar elementos gráficos e visuais.

logo-oboticario

A vantagem da marca nominativa é a flexibilidade na utilização, que permite a remodelagem do design sempre que você quiser. Além disso, ela impede que outras empresas coloquem nomes parecidos, já que a fonética interessa mais nesse tipo de marca.

A desvantagem principal da marca nominativa é o fato que sua logo não fica protegida, permitindo que seus concorrentes consigam criar logos parecidas.

Para conseguir o registro de marca nominativa, sua empresa precisa ter um nome bastante distinto das outras empresas, do mesmo ramo de atuação que o seu.

Marca figurativa

O caso da marca figurativa é oposto ao da marca nominativa. Nela, a apresentação da marca se dá por uma figura e não pelo nome. Este tipo de marca recebe menos pedidos de registro pelo INPI, já que a marca precisa ter bastante reconhecimento do consumidor para que só a figura já indique de qual empresa se está falando.

O exemplo que eu trouxe aqui é da Starbucks. Seus cafés deliciosos são marca registrada (com o perdão do trocadilho) nos Estados Unidos, no Brasil e em outros países. Por isso, a simples figura em uma placa na rua já indica onde tem uma Starbucks para você se deliciar.

logo-starbucks

A vantagem da marca figurativa é que ela pode ser utilizada em conjunto a outra marca nominativa. Se você quiser registrar o nome, então deverá fazer outro pedido no INPI. O mesmo ocorre no caso inverso.

O problema da marca figurativa é que se você quiser atualizar o logo de sua empresa, terá que fazer novo pedido de registro ao INPI, com todo o trâmite burocrático da primeira vez.

Marca mista

A marca mista une as duas anteriores em um tipo de marca só. Ou seja, com a marca mista você registra nome e logo em um único processo. Para isso, o registro deve ser feito do nome em conjunto com a figura, formando uma marca só.

Para representar o tipo de marca mista eu trouxe a própria Company Hero. A empresa entrou com pedido junto ao INPI para registrar o nome com a logo também. Nestes casos, a marca mista é a mais indicada.

Logo-company-hero

Marca tridimensional

A marca tridimensional é menos usual e está relacionada a produtos do comércio. Além disso, a apresentação gráfica desse tipo de marca tem a ver com sua embalagem.

O exemplo que eu trouxe aqui tem sabor especial. O Baton é um produto com design diferenciado e, por isso, efetuou o registro de marca do tipo tridimensional no INPI. Assim, seus concorrentes não podem criar um chocolate no mesmo formato, deixando isso só para a marca da Garoto.

logo-baton

Classificação e natureza das marcas

Além do tipo de marca, na hora do registro você precisa saber qual a classificação e natureza de sua marca.

O Manual de Marcas do INPI divide a natureza e classificação das marcas entre Marca Coletiva, Marca de Certificação e Marca de Produto ou Serviço. Esse último tipo é o mais utilizado e, provavelmente, seja o caso da sua.

Agora que você já sabe os tipos de marca e a natureza delas, está pronto para registrar sua empresa e garantir todas as vantagens de ter uma marca registrada.

Ficou com alguma dúvida? Fale com um de nossos especialistas!

hoff.png
Otávio Hoffmann
Conteúdo - Company Hero