Endereço residencial e comercial: qual a diferença? Entenda!

Saiba para que serve o endereço comercial e o residencial e qual usar na abertura da sua empresa.

 Lara Zanesco  |      18/01/2023
Capas-Artigos_EV-RM_08.jpg

Quem está começando um negócio pode sentir muitas dúvidas na hora de indicar o endereço da empresa no cadastro do CNPJ. Por exemplo, se você não tem uma sede comercial, qual endereço usar?

O endereço residencial e o endereço comercial são muito buscados nesse momento do negócio, mas é preciso ter cuidado. Diferente do que muitas pessoas acreditam, não é qualquer empresa que pode atuar residencialmente. Além disso, o endereço comercial pode fazer muita diferença no crescimento e no dia a dia do negócio.

Para que você entenda a fundo a diferença entre esses tipos de endereço, neste artigo, vou te explicar os seguintes tópicos:

  • Endereço comercial x endereço residencial;
  • Com usar o endereço comercial na sua empresa;
  • É possível abrir empresa com endereço residencial?
  • Vale a pena usar o endereço residencial para abrir empresa?

Quer entender tudo isso? Então, continue a leitura.

Endereço comercial x endereço residencial

De forma simples, endereço residencial é todo aquele em que se é possível morar, como casas e apartamentos. Neles, no geral, não é possível estabelecer atividade comercial. Mas há algumas exceções que eu vou explicar mais à frente.

Por outro lado, o endereço comercial é todo aquele que é usado para fins comerciais. Meio óbvio, não é? Esses endereços servem para divulgação de empresas, atendimento a clientes, entre outras coisas. Podem ser lojas, escritórios, salas comerciais e por aí vai, sejam espaços próprios ou alugados.

Esse tipo de endereço pode ser usado por todos os negócios, tendo em vista que ele não tem a ver com questões legais, mas de comércio da empresa, como abertura de contas bancárias e cadastro com distribuidores.

Mas nem um nem outro é, necessariamente, o endereço fiscal do seu negócio, aquele que vai no cadastro do CNPJ como sede fiscal, usado pelos órgãos públicos como referência do negócio.

E o endereço fiscal?

O endereço fiscal é justamente o que consta como referência dos parâmetros legais da empresa. Ele consta no CNPJ e deve estar atrelado à atividade CNAE do seu negócio para garantir a regularidade fiscal.

Ele pode ser o mesmo que o endereço comercial, mas isso precisa ser avaliado com cuidado. Comércios e indústrias, por exemplo, precisam contar com endereços específicos que abrangem as atividades, o que não é possível com qualquer endereço comercial.

Como usar o endereço comercial na sua empresa

Se sua atividade permitir, o endereço comercial pode ser o mesmo do fiscal. Basta conferir se isso é possível. Mas o mais importante é entender que esse é o endereço que é a “cara” do seu negócio.

É ele que deve ser divulgado nas redes sociais, no site ou no seu cartão de visita. Seus parceiros, clientes e fornecedores vão ter o seu endereço comercial como referência do seu negócio.

Por isso, ele precisa ser estratégico, além de legal. É importante usar uma localização que transmita credibilidade ao seu trabalho e, muitas vezes, o endereço da nossa casa não tem essa capacidade.

É possível abrir empresa com endereço residencial?

É possível abrir empresa com endereço residencial se você atuar como prestador de serviço. Isso porque esses profissionais tendem a atuar em diferentes locais e, de modo geral, sem utilizar recepção ou contar com funcionários.

Geralmente, microempreendedores (MEIs) podem e fazer uso do endereço residencial como sede fiscal na abertura do CNPJ, justamente por serem prestadores de serviço. Alguns exemplos de funções que podem seguir dessa forma são especialistas em marketing digital, personal trainers, entre outros.

Vale a pena usar o endereço residencial para abrir empresa?

Apesar de ser possível, não vale a pena usar o endereço residencial na abertura do seu CNPJ. Como o nome sugere, o mais viável é deixar essa localização para sua moradia apenas.

Primeiramente porque você não quer atrelar o endereço do seu lar a questões fiscais da sua empresa, correndo o risco de ter que alterar todos os documentos em caso de mudança.

Em segundo lugar, porque não vale a pena colocar sua privacidade em risco usando o endereço residencial como comercial. Já pensou alguém pesquisar seu negócio para fazer uma visita e encontrar o local que você mora? Chega até a ser arriscado.

Alternativa econômica e estratégica

O mais indicado, caso você não possa ter um espaço físico mais adequado para registrar sua empresa, é utilizar um escritório virtual. Esse serviço fornece um endereço apropriado para o registro de empresas. Inclusive, para quem tem um comércio, mas não atua presencialmente, é possível contratar um escritório virtual com Inscrição Estadual, um documento indispensável para essas atividades.

Dessa forma, você pode proteger o seu endereço pessoal e garantir uma localização fiscal e comercial privilegiada para o seu negócio. Aqui na Company Hero, por exemplo, há escritórios virtuais em todo o país, nas principais regiões comerciais.

Para entender mais sobre essa funcionalidade, acesse nossa página de Escritórios Virtuais ou chame um Hero no chat.

Lara-Zanesco
Lara Zanesco
Redatora

Artigos recentes