Afastamento pelo INSS recebe salário integral? Entenda o cálculo

Saiba como o INSS calcula o auxílio-doença e entenda quanto você vai receber! Acesse no blog da Company Hero.
 Lara Zanesco  |      04/09/2023
Capa-Q3-Protecao-Renda02.jpg

Quando você é afastado por incapacidade temporária, recebe 91% da sua média salarial de 80% dos seus melhores salários. Essa média é feita de forma simples a partir dos salários de contribuição ou dos do último ano de contribuição do beneficiário – sempre o que for menor.

Para entender melhor quanto você vai receber do INSS por conta do auxílio-doença, atual auxílio por incapacidade temporária, preparei este conteúdo. Aqui, vou te explicar como funciona o cálculo do benefício e as principais dúvidas sobre esse tema:

  • Como é calculado o auxílio-doença?
  • Como saber quantas parcelas vou receber do auxílio-doença?
  • Qual o valor máximo que o INSS paga de auxílio-doença?
  • Qual o valor mínimo do auxílio-doença?

Continue a leitura e tire suas dúvidas.

Como é calculado o auxílio-doença?

O cálculo do auxílio-doença é uma média simples, isto é: soma de todos os valores dividida pela qualidade de contribuições. Quais valores são esses? Podem ser dois:

  • soma do salário de todas as contribuições do beneficiário;
  • soma do salário dos últimos 12 meses de contribuição do beneficiário.

Após somar os valores, o INSS divide-os pela quantidade de contribuições feitas no período em que o beneficiário recebeu o montante. Assim, no segundo caso, ele divide o total por 12 e obtém a média simples.

O resultado é multiplicado por 0,91, tendo em vista que você recebe 91% dessa média salarial. Assim, seria uma conta como esta:

cálculo de contribuição

Você pode estar se perguntando por que existem dois tipos de soma. O INSS verifica as duas possibilidades para encontrar o menor valor – esse é o que será pago como benefício.

Um ponto de destaque é que o benefício não pode ser menor do que o salário mínimo vigente. Então, se a menor soma for inferior a esse valor, você receberá o salário mínimo.

👉 Veja aqui: Quanto tempo após a perícia o INSS paga o auxílio-doença?

Quanto vou receber do INSS por afastamento temporário?

Para saber quanto você vai receber, basta fazer o cálculo da sua média salarial dos últimos doze meses ou de todas as contribuições. Em seguida, encontrar o valor equivalente a 91% dessa média. O menor valor é o que você receberá, desde que não seja menor que o salário mínimo vigente.

Ao ter o benefício aprovado, o INSS disponibiliza o valor para conferência no portal Meu INSS.

Esse valor ainda pode ser baixo para algumas pessoas, considerando a renda mensal. Mas o que fazer nesse caso? Uma possibilidade é recorrer a soluções digitais, como o Seguro de Renda.
Esse tipo de seguro funciona bem parecido com o auxílio-doença: paga sua renda quando você se afastar do trabalho por conta de doenças ou acidentes – e geralmente tem um valor bem acessível!
💡Aqui na Hero, a cobertura é de até R$ 9 mil por mês, maior do que o teto do INSS. Ficou interessado? Faça a simulação da Proteção de Renda Hero agora!

Como saber quantas parcelas vou receber do auxílio-doença?

O benefício do INSS pode ser concedido por até 120 dias, isto é, 4 meses. Para conferir quantas parcelas você vai receber, é preciso consultar o portal Meu INSS.

Qual o valor máximo que o INSS paga de auxílio-doença?

O teto do benefício do INSS é de R$ 7.786,02 neste ano. O valor pode ser atualizado a cada ano.

Qual o valor mínimo do auxílio-doença?

O valor mínimo do auxílio doença, ou auxílio por incapacidade temporária, pago pelo INSS como Renda Mensal Inicial é de 1 salário mínimo vigente – R$ 1.320,00 em 2023.

Apesar de ajudar, o tempo de espera para receber esse benefício pode ser muito alto. Pesquisas mostraram que leva em média 2 meses e meio para receber o auxílio-doença, mas há casos de pessoas que esperam mais de 1 ano.

Uma boa alternativa para garantir sua estabilidade quando adoecer ou sofrer um acidente é investir em um seguro de renda protegida. Esse tipo de serviço garante sua renda quando pagando Diárias de Incapacidade Temporária (DIT) pelos dias que você não puder trabalhar.

O funcionamento é semelhante ao do INSS, mas o resgate do seguro é mais rápido e prático uma vez que seu incidente esteja dentro da cobertura do serviço.

E por falar em segurança financeira, que tal aprender a colocar preço no seu trabalho? Isso é muito importante para garantir que você esteja recebendo valores justos pelo seus serviços. BAIXE GRÁTIS A PLANILHA DE PRECIFICAÇÃO PJ DA HERO:

Lara-Zanesco
Lara Zanesco
Especialista em Conteúdo Digital focalizada em SEO, com experiência em materiais para blogs, sites B2C e B2B, há mais de três anos atuando no mercado a nível nacional.

Artigos recentes