Porque todo profissional de TI deve considerar ter um Escritório Virtual

Em um mercado com o horizonte próspero, o escritório virtual é uma alternativa para profissionais de TI que querem focar 100% em suas atividades.
 Otávio Hoffmann  |      07/01/2021
Porque-todo-profissional-de-TI-deve-considerar-ter-um-Escritório-Virtual

O mercado de Tecnologia da Informação é formado por profissionais que atuam em diferentes áreas. Uma empresa de TI pode ter programadores, desenvolvedores de softwares, analistas de dados, web designers e outros. Além disso, muitos destes profissionais atuam de forma independente, e para prestar serviços precisam ter suas próprias empresas de TI.

Todos encontram um mercado em crescimento e cada vez mais necessitado de desenvolvimento tecnológico.

Em um ano de instabilidade econômica como este, as empresas de TI se sobressaíram, como mostrou a pesquisa feita pela Catho. Segundo os indicativos feitos pela empresa de recrutamento, houve aumento nas oportunidades de emprego para profissionais de TI entre março e agosto de 2020, comparado ao mesmo período de 2019.

A principal demanda foi para programadores, com aumento de 55% para Programador Web e 107% para Desenvolvedor Web, dentre outros.

E pelo visto a demanda por tecnologia seguirá aumentando em 2021, foi o que revelou o IDC, organização líder em inteligência de mercado para as áreas de tecnologia da informação. A expectativa é de que haja um crescimento de 7,7% neste mercado, na América Latina, conforme o vice-presidente da IDC para a América Latina divulgou em evento transmitido pela internet no fim de Novembro.

Existe um grande número de profissionais autônomos que, ao exercer a profissão, são procurados para oferecer serviços por contratação como terceiros. São os famosos PJ, Pessoa Jurídica.

A demanda por pessoas capacitadas é demonstrada pelo levantamento da Brasscom (Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação). Segundo eles, há 845 mil empregos no setor de TI no Brasil, mas formam-se apenas 46 mil profissionais anualmente. Por isso a estimativa é de um déficit de 290 mil profissionais em 2024.

Os profissionais que se formam ano a ano encontram no mercado cada vez mais oportunidades de emprego que exigem contratação via CNPJ, como prestador de serviços. Começa aí a necessidade desse profissional abrir uma empresa. Muitos, por desconhecer outra solução, tentam registrar o endereço de casa como da sua empresa.

Mas será que isso é o ideal? Quais as alternativas? É o que veremos!

Diante de um cenário promissor e da necessidade de encontrar soluções descomplicadas e ágeis, você vai entender comigo neste artigo os benefícios encontrados pelo profissional de TI que quer contratar um Escritório Virtual.

Escritório Virtual: Alternativa para profissional de TI

Desde quando entram no mercado de trabalho, os profissionais de TI já percebem uma tendência: existem mais oportunidades como Pessoa Jurídica do que contratações como CLT.

É aí que entra a necessidade de ter uma empresa aberta para emitir notas fiscais. Você é autônomo na área de TI e presta serviços ou foi contratado como PJ para trabalhar para uma empresa, mas se em vários casos a Junta Comercial não autoriza abrir CNPJ em endereço residencial, como resolver?

Leia também:

5 dicas para crescer após abrir sua empresa

Como aumentar a visibilidade da empresa com pouco investimento

A principal necessidade deles é de um serviço ágil e que supra suas necessidades como Pessoa Jurídica, para não perder um emprego ou oportunidades de negócio e serviço.

Tipos de empresa para profissionais de TI

Antes de abrir seu CNPJ, o profissional de TI deve analisar qual tipo de empresa é a ideal. Um dos fatores que afetam essa escolha é o faturamento anual.

Dentre elas estão:

  • MEI - O Microempreendedor Individual é muito vantajoso para prestadores de serviço autônomos. No entanto, possui um limite de faturamento anual de R$ 81 mil. Se o profissional já tiver uma estimativa maior que R$ 81 mil dos valores das notas fiscais que vai emitir no ano, então deve considerar abrir uma ME, para não ter problemas com a Receita Federal.
  • ME - Essa é a sigla para Microempresa ou empresário individual. É o primeiro passo quando o faturamento passa do teto de MEI e chega até R$ 360 mil por ano.
  • EPP - Outra modalidade é a Empresa de Pequeno Porte, em que o faturamento da empresa de TI possui teto de R$ 3,6 milhões por ano.
  • EIRELI - A Empresa Individual de Responsabilidade Limitada é nova no cenário brasileiro. O diferencial dela é que o capital social deve possuir um valor igual ou maior do que 100 salários mínimos. Sua vantagem é não ter teto de faturamento, permitindo a expansão da empresa de TI.

Todos os tipos de empresa citados até agora são opções para profissionais de TI que trabalham sozinhos, precisam emitir notas fiscais e conseguirem benefícios por terem um CNPJ. Já o último tipo de empresa apresentado aqui é a escolhida por empresas de TI com mais funcionários.

  • LTDA - A Sociedade Limitada deve ser composta por duas ou mais pessoas. Os sócios se responsabilizam pelo investimento e administração conjunta do capital social da empresa, na proporção de suas cotas.

Com uma estimativa do faturamento anual já é possível pensar em qual tipo de empresa é melhor para você. Se for necessário, consulte seu contador ou fale conosco no chat.

Benefícios que um endereço promove para o profissional de TI

Para além da abertura de empresas e emissão de notas fiscais, que são necessidades para vários profissionais de TI que queiram atuar no mercado sem perder oportunidades, umendereço fiscal entrega outros benefícios.

Trabalhar de casa - ou de qualquer outro lugar - é uma das vantagens que os profissionais de TI encontram em suas carreiras. Mesmo assim, existem algumas desvantagens nesse tipo de trabalho, principalmente quando é executado em casa.

É preciso ter cuidado com distrações e barreiras para atuar com sua empresa de TI. Este, ao menos, é um dos ensinamentos do escritor Dave Farrel, em sua obra Focar: afie sua mente criativa e elimine distrações.

Conforme Farrel “a chave para seguir em frente é ser capaz de detectar algumas das distrações mais comuns e eliminá-las antes que se infiltrem mais”.

Ao pensar no telefone tocando durante o dia, as correspondências chegando sem parar e pessoas desconhecidas encontrando sua empresa na internet, com seu endereço residencial por lá, eu não poderia concordar mais com o Senhor Farrel.

Pensando nisso, ter um endereço fiscal pode beneficiar muito os profissionais de TI.

Flexibilidade

Trabalhar em qualquer horário do dia é possível com um endereço fiscal. Muitos profissionais de TI possuem por hábito trabalhar à noite, por exemplo. Imagine chegar em um prédio comercial e pedir para ficar até tarde por lá? Ou mesmo correr riscos na rua, pela madrugada?

O Escritório Virtual para profissional de TI permite que você trabalhe onde e como quiser, sem distrações, com gestão de correspondências e outras comodidades para não tirar seu foco no trabalho.

profissionais-de-TI-felizes

Menos burocracia

Independentemente se o profissional é autônomo ou faz parte de uma grande empresa de TI, para ter CNPJ é preciso ter um endereço fiscal. Pode ser sua residência em alguns casos? Pode.

No entanto, o escritório virtual se apresenta como uma solução ágil e legalizada, onde você não terá que lidar com documentos e comprovantes exigidos pelos burocráticos órgãos públicos. Contratar um endereço fiscal é a certeza de que nada vai tirar seu sono.

Credibilidade

Toda empresa de TI deveria considerar ter um Escritório Virtual pela credibilidade que este serviço transmite. Junto ao endereço fiscal a empresa de TI pode explorar comercialmente o endereço.

A forma de fazer isso é através do contato em seu cartão de visitas ou no investimento em marketing digital que sua empresa faz. Os escritórios virtuais possuem localização privilegiada, fornecendo a credibilidade necessária para encher os olhos de seus futuros clientes.

Custo-benefício

Lá no início deste artigo eu comentei com você que o Escritório Virtual é o meio-termo entre o endereço residencial e o aluguel de uma sala comercial, lembra?

Pois além dos motivos citados acima, o endereço virtual possui excelente custo-benefício. Isso porque você não tem custos de montagem de um escritório, nem com despesas fixas como aluguel, condomínio, água, luz, até mesmo box para seu carro ou transporte.

Essa é a saída perfeita para empresas de TI que querem economizar tempo e dinheiro com burocracia e gastos fixos de um escritório físico.

Cresça com um Escritório Virtual

O escritório virtual é a solução para o profissional de TI que busca mais tranquilidade e segurança para desenvolver sua carreira.

A Company Hero possui escritórios virtuais situados nas melhores regiões e avenidas comerciais do Brasil, com espaço para reuniões de trabalho e que são ótimos para o marketing e divulgação do seu negócio.

Além de você ter toda a segurança de poder trabalhar de qualquer lugar do mundo com privacidade, enquanto cuidamos do restante para você, como suas correspondências e atendimento telefônico personalizado.

Confira nossos endereços e contrate já o seu.

otavio-hoffmann-company-hero.png
Otávio Hoffmann
Redator