Campus Inc agora é Company Hero! Nova marca e soluções para sua empresa, sempre simples, online e sem burocracia.

Primeiros passos para ter uma loja virtual e vender mais

Siga a tendência: entenda os primeiros passos para vender mais com uma loja virtual de serviços ou produtos e alcance os clientes certos.
 Lana Nascimento  |      19/02/2020Post 3 - Capa.jpg

É difícil quem não tenha feito uma única compra online hoje em dia ou que não conheça alguém que compre com frequência em sites ou redes sociais. Vender online é o objetivo de muitas empresas que buscam dar os primeiros passos para ter uma loja virtual, com o objetivo de divulgar serviços ou produtos e vender mais para os clientes certos.

A tendência dos e-commerce reflete no volume crescente de compras e vendas pela internet, que cresce com toda força no mundo inteiro e nos mais diversos segmentos de negócio, e não é diferente no Brasil. 

O comércio virtual ou e-commerce é, hoje, uma das maneiras mais rápidas e efetivas para aumentar vendas. Mas se você vende bem de forma tradicional, no boca a boca, ou até por grupos e redes sociais via celular, deve ter dúvidas sobre quando é o momento de abrir uma loja virtual para sua empresa vender mais.

Entenda os primeiros passos para você seguir essa super tendência das lojas virtuais e planejar como alcançar mais vendas para o seu negócio. 

Onde é melhor vender online?

Vendas online podem ser realizadas em diversas plataformas, desde o seu próprio site ou redes sociais do seu negócio, até plataformas de terceiros - os chamados marketplaces - sites que agrupam diversos fornecedores interessados em vender seus produtos ou serviços e que alcançam vários dos seus potenciais clientes. Isso sem a necessidade de um esforço e investimento feitos somente pela sua empresa. 

O que é mais vendido em loja virtual

Acabou de sair o 40º relatório Webshoppers, criado pela Ebit Nielsen e uma das melhores referências em dados de e-commerce do Brasil. Você sabe quais são os segmentos que mais faturaram por meio de loja online e que mais crescem em resultados?

Listamos alguns desses ramos promissores para você dar os primeiros passos e vender mais com uma loja virtual da sua empresa ou mesmo começar um novo negócio

Alimentos e bebidas

Um dos ramos com maior tendência de crescimento e cheio de oportunidades, que vão desde a comercialização e entrega de alimentos frescos e bebidas, até produtos gourmet, marmitas, snacks, doces e muito mais. 

Mesmo que você prefira não ter uma loja virtual própria, por enquanto, e resolva apostar na venda em marketplaces e aplicativos especializados, é importante estruturar da forma correta o site e redes sociais da sua empresa. Muitas pessoas primeiro acessam seus canais para conhecer os produtos e serviços e, a partir do que verem lá, decidirão por comprar ou não de você.

Petshop

O mercado para animais de estimação cresce nos últimos anos por estar ligado às boas sensações que um tutor quer retribuir para seu pet, por isso as vendas no segmento são tão recorrentes e tornam promissoras as oportunidades de um negócio. As opções da área são cada vez mais diversas: desde a alimentação de cães e gatos, até serviços de cuidados higiênicos e passeios agendados para os animais. 

Moda e acessórios

Ramo que tende a ter um investimento inicial menor e retornos mais rápidos em relação aos outros citados. Você consegue, por exemplo, trabalhar sob um sistema de encomendas ou até apostar no ramo de brechós, tendência da economia atual.

A divulgação em redes sociais aqui é um ponto muito importante, pois garante que seus clientes saibam exatamente o que você está ofertando. Lembre-se que a loja online deve ser facilmente encontrada e ter uma carinha só dela, assim como uma loja física. 

Saúde, cosméticos e perfumaria

A área de saúde e bem-estar sempre está em alta e garante retorno financeiro pela inovação característica do setor, além da recorrência de consumo e mudanças constantes na tecnologia.

Negócios de tratamento estético e essências naturais para cuidar do corpo e cabelo, por exemplo, são bons investimentos para empresários que estão buscando o que começar ou, por exemplo, a opção de revenda. 

primeiros-passos-para-vender-mais-com-loja-virtual

Vale a pena ter um e-commerce de serviços?

As lojas virtuais que vemos com mais frequência são de produtos físicos, mas as funcionalidades tornam totalmente possível e estratégico a criação de um e-commerce de serviços também.

A diferença para ter uma loja virtual e vender mais seus serviços para os clientes certos está na forma de vender. Algumas sugestões para quem atua na área de serviços e quer começar a planejar sua loja virtual:

Vender no formato “combo”

Facilite a compreensão das informações sobre seus serviços e ofereça em pacotes exclusivos. Isso leva o cliente a analisar e entender melhor o escopo e condições da empresa.

Falar de um jeito fácil o que seu cliente busca

Dependendo da sua área de serviço, é comum lidar com jargões, termos técnicos e expressões muito características todos os dias. Mas muitas vezes seus clientes não vão entender boa parte desse blábláblá e se perder nos momentos em que você falar de vantagens.

Foque no jeito mais fácil que puder apresentar seu serviço e nos benefícios claros que ele oferece.

Descomplicar a contratação e pagamento

Você pode investir em seu e-commerce de serviços fácil de usar, com informações objetivas e preços claros. Mas também pode colocar toda a boa experiência do seu cliente em risco ao manter a burocracia das contratações tradicionais.

Assim como a Company Hero fez, aposte em um sistema ágil e com poucos cliques, que não exija análise de propostas, assinatura de contrato e várias etapas que atrasem o pagamento e a solução da necessidade do seu cliente.

O que fazer antes de abrir minha loja virtual

Antes de apostar em um e-commerce para sua empresa, é importante seguir alguns passos e investir tempo e dinheiro na estratégia certa para o seu negócio decolar. Algumas dicas importantes para ter uma loja online com resultados positivos para suas vendas:

Entender seu mercado

Antes de criar o site e explorar suas redes sociais, você deve ter bem definido o perfil do seu público-alvo: pense em uma pessoa que potencialmente exista entre seus clientes, dê nome e apelido a ela, profissão, personalidade, rotina, medos, certezas e outras características (técnica chamada “definição da persona da minha empresa”). 

A partir da persona, você desenha a “jornada” do seu cliente, ou seja, em que momentos e a partir de quais situações e problemas específicos ele buscará seu produto ou serviço na internet: como ele pesquisa, se acessa seus canais via celular ou computador, quantos e quais concorrentes ele compara, entre outras informações.

Desenhando essa trilha, você identificará quais as melhores formas de atender as necessidades do seu público em sua futura loja online.

Ter um site organizado

Um site com informações objetivas, boa usabilidade para o usuário e que seja visualmente bonito e moderno parece regra e fator decisivo quando pesquisamos empresas na posição de cliente. Mas muitos empresários se veem em um longo e doloroso caminho de busca e comparação de várias propostas de fornecedores com dúvidas se, ainda assim, receberá um site eficiente.

É nesse momento que encontrar o especialista em desenvolvimento web certo faz a diferença para agilizar seus primeiros passos para vender mais com loja virtual, sem medo de dar o próximo passo nas vendas por estar inseguro sobre seu site. 

Tenha isso em mente e não economize tempo para achar os melhores especialistas que oferecem criação de sites. Busque quem oferece uma entrega ágil e de qualidade, além de etapas de trabalho e valores claros, para facilitar a decisão de quem quer focar no negócio sem perder tempo com orçamentos e negociação.  

Divulgar nas redes sociais

As redes sociais são uma das formas mais rápidas da sua empresa estar próximo de seus futuros clientes do e-commerce, saber o que elas querem, sentem ou expressam, além de fornecerem dados importantes para você tomar decisões para seu negócio com um todo, produto ou serviço.

Ter suas mídias sociais e conteúdo da sua empresa bem estruturados, com identidade visual e informações relacionadas ao seu negócio que sejam atualizadas da maneira e frequência corretas, são os passos essenciais para uma boa estratégia de marketing digital que despertará interesse nos seus clientes para acessar seu site.

As mídias sociais podem contribuir muito nesse sentido, sendo mais um canal para as pessoas chegarem de um jeito fácil e com interesse até sua loja virtual. Mas decidir quem fará essa parte do negócio não é tarefa fácil para muitas empresas.

Uma opção para empresários que não têm como manter um responsável fixo na equipe, nem verba para pagar agências de marketing, é buscar uma consultoria de marketing para pequenas empresas.

Nesse serviço, a gestão de mídias sociais é realizada mensalmente com escopo bem definido, a um preço que cabe no bolso e por profissionais qualificados do mercado de marketing digital. 

Deu para conhecer mais sobre a tendência de e-commerce e saber sobre as oportunidades e benefícios para estruturar um novo canal de vendas online?

Compartilhe este artigo nas redes sociais para ajudar mais pessoas a criar negócios de sucesso e trocar experiências com você e sua empresa!

lana-nascimento
Lana Nascimento
Product Owner - Company Hero