Campus Inc agora é Company Hero! Nova marca e soluções para sua empresa, sempre simples, online e sem burocracia.

4 dicas antes de fazer um logo da sua empresa

Entenda o que fazer para ter um logo da sua empresa: estilo de logo, posicionamento de marca e o profissional ideal para criar seu logotipo
 Mariane Pereira  |      21/02/20204 dicas antes de fazer um logo da sua empresa

Se você chegou até aqui, o mais provável é que você já entenda a importância de ter um logotipo (ou logo, como já apelidado) para sua empresa. Mas você sabe por que investir na criação de uma marca é tão importante? E afinal, o que é necessário considerar antes de fazer um logo da sua empresa?

Ter uma ideia de negócio próprio, abrir um CNPJ e considerar possibilidades de produtos ou serviços para lançamento no mercado são os primeiros passos de uma empresa. Mas tão importante quanto estruturar uma boa ideia, é fazer com que as pessoas compreendam rapidamente o que você faz e enxerguem seu diferencial em um único contato visual com sua empresa: pelo logotipo.

Uma logo, um logotipo ou uma logomarca: qual a diferença?

Confundir esses termos é bem comum, e a diferença entre eles é técnica:

Logotipo:

O termo logotipo é atribuído, basicamente, ao nome da empresa estilizado de forma que todos os seus clientes consigam reconhecê-la.

Logo:

Logo é apenas o termo abreviado, mas com o mesmo significado de logotipo

Logomarca:

Logomarca é um termo que não existe na publicidade e que gera certa confusão. Quando nos referimos a um símbolo ou imagem que represente a empresa sem a necessidade do nome, falamos em Marca

1. Por que criar uma marca para meu negócio?

Um bom logotipo favorece a construção consistente da sua marca e reputação, sendo uma das maiores prioridades de empresas que começaram a sua trajetória com os passos certos. 

Para você ter ideia do quão importante é fazer um logo da sua empresa, já reparou que existem marcas vistas com frequência e que nem é preciso dizer o nome para que a gente se lembre do logotipo delas?

Quando falamos de smartphone de ponta, com a melhor câmera e design externo e operacional sofisticados, posso apostar que uma certa fruta mordida veio em sua mente.

Se eu comentar da bebida mais presente nas comemorações do brasileiro, e que estará presente em 90% das mesas neste final de ano, grandes chances de você já ouvir o som da garrafa se abrindo e a imagem das letras brancas e arredondadas aparecerem em sua memória.

Esse é o poder de uma marca consistente para sua empresa, ao estar constantemente na cabeça do seu cliente. 

2. O que fazer para ter um logo inesquecível

Você pode pensar que o impacto de um logotipo está restrito a grandes marcas globais, mas saiba que isso não é verdade. Uma empresa que tenha foco no cliente e que queira transformar seu produto ou serviço em algo duradouro no mercado, deve ter como prioridade, também, desenvolver uma marca forte e com boa reputação. 

Não podemos negar que leva certo tempo até você visualizar os resultados da construção de marca, mas já iniciar seu negócio com uma identidade visual bem estruturada é um investimento que, sem dúvida, acelera o alcance dos objetivos da sua empresa. Para ter um logo inesquecível, entenda as tendências de branding que estão ao seu redor e o que você deve decidir antes de fazer um logo da sua empresa:

Ao fazer um logo da empresa, menos é mais!

Cada vez mais vemos empresas, produtos e serviços com um propósito claro, mas com marcas clean, de traços leves, seguindo a linha “menos é mais”. Vivemos uma tendência sem volta de digitalização das marcas e presença digital das empresas, que deixaram de ter espaço exclusivo em espaços físicos para mergulhar nas estratégias de marketing digital.

Neste novo mercado, a mensagem que um logotipo clean e com design atual transmite, hoje, impacta mais na percepção de valor do cliente do que um logo super elaborado e poluído de informações.

Dica: fique atento às marcas que são referências para você, seja pelo posicionamento no mercado, ou pela estética do logotipo. É um bom ponto de partida para você orientar a criação do logo da sua empresa.

Entender seu público

Se você ainda não aplicou em seu negócio o estudo de persona, recomendo que comece por aí! Além de entender o perfil do seu público em relação aos dados de mercado (sexo, idade, região, hábitos de consumo e lazer) é muito importante compreender o comportamento

Um método que parece simples, mas dá muito resultado, é desenhar em um papel uma “carinha” que dê personalidade ao seu cliente, e descrever as características de quem são seus clientes ideais, como eles pensam, quais problemas eles possuem e quais os diferenciais do produto ou serviço que você oferece como solução para essas dores, se comparado a outras empresas do mercado. 

Partindo desta e outras dicas sobre como definir sua persona, você pode encontrar correlações interessantes entre o que seu público busca e o que sua marca oferece, para ajudar no desenvolvimento do seu logo.

logo-empresa

Atributos tangíveis e intangíveis de marca

Depois de entender melhor o recorte do seu público no mercado e desenhar sua persona ideal, é importante você pensar no valor que seu produto ou marca agrega ao cliente. Para isso, você deve considerar os atributos que quer representar em sua marca, sendo tangíveis (que se tornam claros visualmente no logo) e os intangíveis (não são claros no logo, mas estão presentes ao associar seu propósito e posicionamento à imagem macro do logo).

Os atributos tangíveis são visíveis em um logo: nome da marca, cores, símbolos e mensagens em texto são os mais comuns para formar a identidade visual de uma marca. Um exemplo simples de comparação: cores vibrantes e símbolos fortes costumam ser utilizados em marcas de negócios competitivos e com alto fluxo de pessoas, como restaurantes fast-food.

Já restaurantes com posicionamento de sofisticação comumente apostam em logotipos mais leves, de cores neutras e letra suave, pois buscam um perfil de cliente que valoriza exclusividade e experiência.

Já os atributos intangíveis são aqueles que não ficam visualmente claros no logotipo, mas que estão presentes de forma subentendida no conjunto da identidade visual da marca. 

Por exemplo, se você deseja atribuir “segurança” ao propósito da sua marca, o que você consideraria melhor: um logo com formas fluidas e sem padrão e cores fluorescentes, ou um logotipo com formas geométricas que se conectam e formam uma figura única, de cores fortes, como vermelho ou cinza escuro?

Então, definir qual atributo intangível sua empresa oferece e que você queira transmitir pelo logo, é importante para orientar os detalhes presentes na sua marca.

Veja também:

👉 Redes sociais: entenda mais sobre como elas ajudam a sua empresa

👉 Por que suas redes sociais não estão trazendo clientes?

3. Faço meu próprio logo ou contrato alguém?

Muitos empresários e empreendedores, principalmente no início da empresa, arriscam fazer o próprio logo, ou delegam a conhecidos e familiares, enquanto vê se o negócio vinga. Pode ser uma solução imediata, mas depois de vermos o quanto a imagem bem construída de uma marca influencia nos resultados e reputação de uma empresa, você ainda consideraria o “logo quebra-galho” uma boa ideia? 

Um logo feito por alguém que não é especialista em design de marcas, mesmo que seja uma pessoa bem intencionada, pode dar bem errado. E você já deve ter ouvido falar do quanto uma agência de publicidade pode cobrar caro por uma marca, sendo um investimento que tende a pesar no bolso, principalmente na fase inicial de um negócio. 

Muitas vezes temos ideias específicas, sendo complexo para uma pessoa não especializada captar e expressar a essência da sua marca, podendo chegar a um resultado não tão satisfatório e prejudicar toda a imagem. 

Após definir seu público, persona e atributos desejados para a marca, caso ainda tenha dúvidas, um passo garantido a se dar é buscar um profissional qualificado para entender a mensagem que sua empresa deve transmitir, o que você tem em mente quando fala do seu negócio e que propósito quer atingir. 

Como buscar um designer para fazer o logo da empresa

Uma alternativa com bom custo-benefício e qualidade garantida é contratar designers especialistas para fazer o logo da sua empresa, prestando um serviço sob demanda, sem que você corra o risco de ser necessário rever a identidade da empresa em pouco tempo. 

Pedir indicações é uma opção, ou então pesquisar em plataformas que tenham bons profissionais cadastrados, com a curadoria de especialistas na área que filtram o designer ideal para sua necessidade e avaliações de clientes anteriores para tomar a melhor decisão com você.

4. Agora que sei como fazer o logo da empresa, e as vendas, quando começam a chegar?

Você já ouviu que “quem compete por preço, sempre venderá banana”? Parece cruel, mas é a realidade: se uma empresa tiver como único diferencial o preço em relação à concorrência, estará correndo o risco de um concorrente descobrir outro diferencial de mercado e ganhar margem competitiva.

Uma empresa sólida e bem construída precisa ter seu ponto de diferenciação presente no coração e na mente dos clientes. Esse é o segredo de marcas que agregam valor e crescem em vendas, pelas quais estamos dispostos a pagar.

Além da qualidade no atendimento, o posicionamento de uma marca diante de um tema que você valorize e a qualidade do produto ou serviço entregue, com certeza os atributos presentes no logotipo da sua empresa que você escolhe faz com que você se identifique positivamente com elas.

Apenas você será capaz de entender a fundo sobre seus clientes e mercado e, por isso, é essencial organizar as informações e ideias para orientar profissionais e especialistas em marketing a desenvolver sua marca, antes mesmo de escolher um especialista a quem transmitir a essência desejada. Ao fazer isso, você terá garantida a criação de um logo consistente e atual para sua empresa.

O que achou das dicas antes de fazer um logo da sua empresa? Ter o logo é decisivo antes de se posicionar nas redes sociais, por exemplo.

Todos os conteúdos que você criar por lá, passarão a seguir sua identidade visual. Te convido a ler este outro artigo aqui, que fala sobre boas práticas de inbound marketing. Lá vou falar um pouco mais sobre o poder da arte e do logo para sua estratégia de marketing!

Nos vemos lá!

mariane
Mariane Pereira
Head de Marketing - Company Hero